Novelas

'Outro lado do paraíso': Raquel passa em primeiro lugar no concurso para juíza

Incentivada pela Mãe do Quilombo, a jovem se dedica aos estudos e dá volta por cima

Agência O Globo

Coincidentemente (ou não?),vai ao ar hoje, no Dia da Consciência Negra, que Raquel, a personagem de Érika Januza, vai dar a grande virada de sua vida. A doméstica de 'O outro lado do paraíso' decide enxugar as lágrimas do racismo que ela viveu nas mãos de Nádia (Eliane Giardini) e estudar.

(Reprodução: Gshow)

O incentivo vem da Mãe do Quilombo (Zezé Motta). "Enquanto a gente ficar só aqui no quilombo, os brancos vão continuar pisando em cima. Jogando migalhas pra gente ficar quieto. Nós... só nós não, todos os negros, a gente precisa ter os empregos iguais dos brancos. A gente precisa mostrar que não nascemos só pra servir. Pra estar por baixo. Te quero doutora ‘adevogada’. Ou juíza. Pra ajudar nosso povo. Pra contribuir pra igualdade dos negros", diz ela.

Raquel fica cabreira num primeiro momento, mas aceita a sugestão. E ela não só consegue se tornar juíza: ela passa no concurso em primeiro lugar. "Ela é empregada porque tem empregada negra, tem motorista negro. E não é pela cor da minha pele, mas é como vou fazer para chegar lá. E mostrar Raquel batalhando nos estudos e alçando o posto de juíza, mostra que é possível chegar sim", diz Érika.