Mundo

Pai com câncer terminal passa os últimos dias procurando família adotiva para o filho

Ele lutou contra um câncer no pulmão e nos ossos por nove meses, e queria garantir que o filho tivesse uma vida boa

Agência O Globo

Um pai solteiro com câncer terminal teve uma atitude altruísta nos últimos dias de sua vida. Nick Rose, da Inglaterra, decidiu procurar uma família que pudesse adotar o filho dele, Logan, de apenas 4 anos, após sua morte. Ele lutou contra um câncer no pulmão e nos ossos por nove meses, e queria garantir que o filho tivesse uma vida boa.

“O Nick era um pai excelente. A mãe do Logan o abandonou logo depois do nascimento do menino e ele fazia tudo para agradar o filho. Manteve-se forte como nunca após saber do câncer, e foi muito corajoso durante todo o processo. No final, só queria garantir que o filho tivesse uma família adotiva quando ele morresse”, contou Amy Crompton, amiga dele, ao jornal “Daily Mirror”.

Os últimos esforços de Nick compensaram. Logan foi entregue à família adotiva após a morte do pai, no último dia 3. No entanto, a família dele está com dificuldades em pagar as despesas do funeral e quer angariar algum dinheiro para comprar material escolar para Logan e criar uma poupança para a criança. Os amigos criaram uma página para receber as doações para o funeral de Nick Rose, bem como para “garantir um bom começo de nova vida para Logan”.

Comentários
Veja Mais