Empregos

Partiu Estágio: 1,3 mil estudantes são convocados em nova etapa de programa

Durante o evento o governo do estado anunciou ainda que mais mil jovens serão convocados em breve

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Foi divulgado nesta segunda-feira (16) edital com convocação de 1.327 candidatos para o programa Partiu Estágio. O Programa foi criado em 2017 e em seu primeiro ano de realização contratou 5.833 jovens. O Partiu Estágio é voltado para os jovens estudantes universitários que não conseguiram se inserir no mercado trabalho e oferece oportunidades em várias áreas do conhecimento.

Foto: Reprodução

Segundo o coordenador do Programa, Alberto Queiroz, na cerimônia desta segunda, mais de 700 jovens já  assinaram o contrato. “A partir de hoje, eles já começam a atuar nos diversos órgãos do Estado e o contrato de trabalho terá duração de um ano. Neste evento temos 733 estagiários que foram selecionados em Salvador e Região Metropolitana, mas é importante destacar que em toda a Bahia os diversos órgãos já estão prontos para assinar os termos de compromisso e iniciar o estágio”, esclarece.

Durante o evento o governo do estado anunciou ainda que mais mil jovens serão convocados em breve. É prioritário para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. Podem participar universitários regularmente matriculados em cursos presenciais, desde que tenham idade mínima de 16 anos e que tenham cumprido pelo menos 50% do seu curso de formação.


Confira a documentação necessária:

- Comprovante de residência

- Original e cópia da Carteira de Identidade

- Original e cópia do Cadastro de Pessoa Física – CPF

- Original e cópia de carteira de identidade do representante legal ou do termo de guarda expedida por autoridade judicial, se for o caso

- Declaração da instituição de ensino informando o semestre letivo, o turno de estudo, o curso de formação e sua natureza presencial e a conclusão de, no mínimo, 50% do curso

- Comprovante de matrícula e frequência na instituição de ensino

- Declaração própria de que não exerce atividade remunerada em órgão público

- Original e cópia do título de eleitor, se for o caso

- Original e cópia do certificado de reservista, se for o caso

- Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS

- Comprovação de inscrição no CadÚnico, se for o caso

- Histórico escolar do Ensino Médio

- Declaração da escola em que cursou o ensino médio, como bolsista integral, se for o caso

- E-mail convocatório emitido pelo sistema.