Salvador

PM bate em mulher durante confusão em porta de maternidade; veja vídeo

Corporação instaurou inquérito e militar continua trabalhando

Redação Correio 24h

'Cala a boca', grita o policial militar antes de dá um tapa na cara de uma mulher. A cena, que foi gravada e divulgada nas redes sociais na madrugada de sábado (13), aconteceu na frente da Maternidade Tsylla Balbino, em Salvador.

Em nota, a Polícia Militar informou nesta quinta-feira (18) que instaurou um Processo Disciplinar Sumário (PDS) para apurar 'o excesso cometido por um policial militar, lotado na 37ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar - Pero Vaz), que atendeu uma ocorrência na madrugada do último sábado (13) na Baixa de Quintas, em Salvador", disse a PM.


No vídeo, depois que o PM agride a mulher é possível ouvir pessoas reclamando da atitude do policial que coloca a mulher no fundo da viatura.

A PM informou que a viatura  foi acionada pelo Centro Integrado de Comunicações (Cicom) com a denúncia de que a mulher, que acompanhava uma prima, estava agitada e impedia o atendimento de pacientes na maternidade.

"Ao chegar no local, a guarnição foi desacatada e houve contenção com o uso da força. Ela foi levada para a Central de Flagrantes, ouvida e liberada, após a lavratura do termo circunstanciado. Os policiais que integravam a guarnição já foram ouvidos na sede da unidade e, no procedimento instaurado, também serão convocadas pessoas que testemunharam o fato. O policial que aparece no vídeo segue desempenhando as atividades operacionais", destacou a PM, em nota.