Nem Te Conto

Polícia indicia Marcos Harter por caso de agressão a Emilly, do BBB 17

Médico foi indiciado por lesão corporal com base na Lei Maria da Penha

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)

A polícia do Rio de Janeiro indiciou o médico Marcos Harter após investigação sobre o caso de agressão à estudante Emilly, durante o 'BBB 17', segundo informações divulgadas na tarde desta quarta-feira (19), pela 'GloboNews'. O médico foi indiciado por lesão corporal com base na Lei Maria da Penha.


De acordo com a emissora, após análises das imagens, declarações feitas pelos envolvidos e o teor do laudo feito pela perícia, não resta dúvida. Ainda segundo a investigação, foi constatado que as lesões da vítima se deram em razão das "ações intencionais do autor". O inquérito já foi encaminhado ao Ministério Público.

Redes Sociais

O ex-BBB Marcos Harter negou, nesta quarta, que tenha entrado com um pedido de habeas corpus para suspender as investigações da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (Deam) pela suposta agressão contra Emily Araújo, vencedora do 'BBB 17'. Pelas redes sociais, o médico disse que ele ou seus advogados não entraram com o pedido no Tribunal de Justiça do Rio.