Salvador

Polícia prende suspeito de matar dono de padaria no Jardim Cruzeiro

Homem foi detido após denúncia anônima e confessou ter participado do crime

Redação Correio 24horas
- Atualizada em

A Polícia Militar prendeu na tarde de quinta-feira (14) João Batista Neto, 23 anos, suspeito de matar o comerciante João Batista da Silva, 71 anos. O idoso foi morto durante um assalto na madrugada deste sábado (25), em frente à padaria da qual era dono, no Jardim Cruzeiro. 

Em nota, a PM informou que policiais militares do Serviço de Inteligência da 18ª Companhia Independente de Policia Militar (CIPM/Periperi) prenderam o homem na rua Daiane Matos, em Periperi, após denúncia anônima. 

(Reprodução)

"O indivíduo foi detido com um revólver calibre 38 e uma motocicleta com restrição de roubo. Durante a abordagem policial, o criminoso confessou ter praticado o crime contra o comerciante. O fato foi registrado na 5ª delegacia de Periperi", afirmou a PM.

Com o irmão João Bosco, João Batista era dono da Panificadora Irmãos Unidos, que funciona há cerca de 40 anos. Os dois iriam viajar para a cidade de Antas, no interior da Bahia, acompanhados ainda da eposa de João Batista. Por volta das 4h30 da manhã, os dois irmãos, que viviam perto da padaria, desceram para pegar o carro. 

Foi quando os ladrões chegaram, pedindo a chave do veículo. João Batista não queria dar o objeto. Ele e o ladrão entraram em luta corporal. O outro bandido foi para cima do comerciante, que usou o corpo do comparsa como escudo. Mesmo assim, acabou baleado várias vezes - segundo os familiares, quatro tiros atingiram o idoso.