Salvador

Polícia prende terceira pessoa envolvida em latrocínio na Ufba; outro suspeito é procurado

Neuma Cristina Vaz dos Santos foi responsável por levantar as informações sobre a rotina do mototaxista, executado no campus de São Lázaro

Bruno Wendel, do Correio 24h
- Atualizada em

Acusada de participação na morte do mototaxista Rogério de Santana Souza, 30 anos, ocorrido no último dia 11, em um dos campi da Universidade Federal da Bahia (Ufba), na Federação, Neuma Cristina Vaz dos Santos, 40, foi presa pela Polícia Civil logo após prestar depoimento na tarde desta terça-feira (16), no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na Pituba.

Foto: Divulgação/Polícia Civil
A participação de Neuma já era apurada pelos investigadores do DHPP e um mandado de prisão temporária já tinha sido expedido pela Justiça contra ela. De acordo com a investigação, Neuma foi responsável por levantar as informações sobre a rotina do mototaxista.

Neuma Cristina Vaz dos Santos foi presa após prestar depoimento. Jairo Pereira de Freitas, que dirigiu carro após crime, é procurado (Fotos: Divulgação/Polícia Civil)

A polícia segue a caçada à Jairo Pereira de Freitas, 33, que foi o responsável por conduzir e dar fuga, em um carro, ao grupo de criminosos. Ele já tem passagens pela polícia por receptação e apropriação indébita. A prisão temporária dele também foi expedida.

Ainda de acordo com a polícia, o casal Wilma Souza Cruz, 25, que planejou o latrocínio, e Luiz Paulo Moro da Silva, 29, autor dos disparos que matou Rogério, já foram presos. O crime teve como motivação a quantia de R$ 4,5 mil, referentes a duas rifas que o mototaxista estava vendendo. Todos eram conhecidos ou vizinhos do bairro da Federação.


Comentários
Veja Mais