Salvador

Postos de saúde de Salvador vacinam de segunda a sexta-feira contra a febre amarela

Fracionamento da vacinação ocorre em São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O medo de contaminação com o vírus da febre amarela após a morte de uma morador paulista na capital baiana aumentou o alerta sobre a importância da vacinação. De acordo com a prefeitura,  estima-se que 1,3 milhão de soteropolitanos ainda precisem se proteger contra a doença em Salvador. A vacinação acontece de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8 às 17 horas, em todas 126 salas de vacina da rede municipal.

O fracionamento da vacinação ocorre em São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. O Ministério da Saúde vai lançar uma campanha emergencial com doses fracionadas da vacina especialmente nessas localidades. Em Salvador, a estratégia iniciará após o carnaval, entre 19 de fevereiro e 09 de março.

Macacos
Em 2018, o Centro de Controle de Zoonoses de Salvador já capturou 12 macacos nos bairros de Pau da Lima (04), Vila Canária, Dom Avelar, Saboeiro, Itapuã, Rio Vermelho, Periperi e Pituba. Desse total, 11 animais encontravam-se mortos e outro estava aparentemente doente.Ainda não foram confirmados casos de febre amarela em macacos em Salvador.