Salvador

Presos suspeitos de tentativa de latrocínio contra professor da Ufba em Fortaleza

O bandido que baleou Sérgio Sobreira no peito ainda está foragido

Redação Correio 24h

Dois dos envolvidos na tentativa de latrocínio contra o professor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Sérgio Sobreira, foram presos no último domingo (14) em Fortaleza. Matheus da Silva Gadelha, 18, e Douglas da Silva Fernandes, 21 já respondiam por tráfico de drogas e associação ao tráfico. O suposto do disparo contra o docente, Crislande de Sousa, 18, o “Kiki”, permanece foragido.

Foto: Divulgação: SSPDS/ CE

A dupla foi capturada um dia após a emissão dos mandados de prisão contra os três suspeitos. Com os homens foram apreendidos alguns bens, cuja procedência será investigada. “Há indícios que os suspeitos tenham participado de outros assaltos na região”, disse o delegado Pedro Viana. 

Apenas Matheus confessou a participação no crime, cometido no dia 6 de janeiro durante os festejos de pré-Carnaval na capital cearense. Ele admitiu que arrancou a corrente do pescoço de Sérgio e disse que se surpreendeu com uma suposta reação da vítima. O docente foi alvejado no peito por Crislande e o tiro atravessou o seu pulmão. A cena foi registrada por câmeras de segurança. Segundo a polícia, Douglas estava junto com a dupla na noite do crime.

Em depoimento, Douglas nega a participação no crime, mas Matheus confessa envolvimento na tentativa de latrocínio. Este último afirma que puxou um cordão do pescoço da vítima, mas foi surpreendido pela reação do homem, que tentou evitar o roubo. Foi o momento que “Kiki” teria efetuado o disparo de arma de fogo que o atingiu, vindo o professor a ser socorrido por pessoas que o acompanhavam.

Fase

Foto: Divulgação/ SSPDS CE

A polícia continua a procurar Crislande de Sousa e divulgou uma foto do suspeito, na esperança de que se alguém reconhecê-lo, denuncie o seu paradeiro. Os presos estão à disposição da Justiça. Os suspeitos irão responder por tentativa de latrocínio.

Sérgio Sobreira continua internado no Hospital Monte Klinikum, em Fortaleza, mas já deixou a UTI. Ele agora recupera-se das lesões no pulmão. 

As apurações foram coordenadas pelo 2° Distrito Policial (DP). A ação ocorreu com o apoio de equipes do Departamento de Polícia da Capital (DPC) e da Unidade Tático-Operacional (UTO).