Mais Esportes

Pugilista argentino entra em coma após ser nocauteado

'El Índio', como é conhecido, respira com a ajuda de aparelhos e tem situação considerada grave

Redação do Correio 24 Horas

O pugilista argentino Saúl Peralta, de 27 anos, está em estado de coma após ser nocauteado por Elías Araújo em uma luta de boxe válida pelo peso meio-médio, no último sábado (17). Ele foi internado Hospital de Emergências Clemente Álvarez de Rosario, em Santa Fé, na Argentina.

Segundo a esposa do pugilista, Claudia Salinas, El Índio, como é conhecido, respira com a ajuda de aparelhos e está em estado grave. Ele foi nocauteado no sexto round do duelo. Após levar muitas pancadas, Peralta parecia inconsciente, mas sua equipe e os árbitros não optaram por parar a luta e Araújo desferiu outros golpes. O duelo só foi paralisado quando El Índio caiu no ringue.


O incidente aconteceu no mesmo final de semana em que o lutador Tim Hague, ex-UFC, faleceu 48 horas após ser nocauteado durante uma luta de boxe em Edmonton, no Canadá. Adversário de Hague, Adam Braidwood ficou desesperado ao ver o oponente caído sem sinais no ringue.

Eu sabia. Eu vi ainda no ringue. Eu vi a forma como ele caiu. Fiquei esperando de joelhos, torcendo para que Tim se mexesse após a minha comemoração idiota. As pessoas podem dizer o que quiserem, mas eu eu fiquei ali de joelhos, olhando, querendo que ele se movesse. Eu o levantei, porque sua equipe estava tendo dificuldades em fazê-lo. Eu o levei até o córner, e pude ver o seu rosto", disse ele em vídeo.