TV

Quem deve vencer o 'BBB 18': Família Lima, Gleici ou Kaysar?

Décima oitava edição do programa tem disputa acirrada pelo prêmio de R$ 1,5 milhão

Agência O Globo

Há muitas edições, a final do “Big Brother Brasil” não tinha uma disputa tão acirrada pelo prêmio de R$ 1,5 milhão. Se numa ponta está Gleici, de 22 anos, que conquistou o público com sua história de vida simples e de superação, do outro lado está o carismático Kaysar, de 28 anos. Refugiado, o garçom morador de Curitiba (PR) sempre deixou claro que seu grande desejo é trazer a família da Síria, país devastado por uma guerra civil. No meio disso tudo ainda tem a Família Lima — com Ana Clara, de 21 anos, e Ayrton, 56 —, que expôs dramas e alegrias da convivência entre pai e filha 24 horas para o Brasil inteiro testemunhar.

Para Mahmoud, psicólogo e ex-participante desta edição, o embate ficará mesmo entre Gleici, chamada pelo público de “fada”, e Kaysar.

Foto: Divulgação

— As pessoas se compadecem por quem precisa mais financeiramente e não pensam necessariamente no jogo. Isso vai contra a Família. O brasileiro acha que eles são mais estabilizados — avalia Mahmoud.

Ao mesmo tempo que arrastam torcidas apaixonadas, os três finalistas também colecionam haters, o que promete uma votação acirradíssima na noite de amanhã. Veja nos quadros ao lado o que ex-BBBs apontam como pontes fortes e fracos de cada um.

Peça-chave

Para Mahmoud, Ana Clara fez toda a diferença no jogo da Família: “Ela é carismática e sensata. Isso chama a atenção, assim como a boa relação familiar. Eles podem ganhar o jogo por isso”.

Papito problema

“Torço para a Família Lima vencer, mas acho que se Ana Clara estivesse sozinha, as chances de ela ganhar seriam maiores. Ayrton fala coisas que comprometem a dupla”, opina o sexólogo.

Fada Gleici

Mulher de fibra

Eliminada no início do jogo, Ana Paula acha que Gleici ganhará o prêmio pelo que é fora da casa: “Depois que eu saí, consegui vê-la com outros olhos. A história de vida dela conquistou a todos”.

Muito Reservada

Ao mesmo tempo, a Bruxinha acredita que o jeito quieto da sister pode comprometê-la: “Kaysar teve interação maior com todos da casa e isso ajudou a tornar a imagem dele mais positiva aqui fora”.

Bom humor

“Kaysar sempre mostrou que, nas horas difíceis, é preciso acreditar que tudo vai dar certo. Ele tem objetivos claros nesse jogo”, avalia Jéssica.

Forçado?

Para a personal trainer, se algo pode tirar o prêmio de Kaysar será o fato de parte do público considerá-lo um ator: “Mas não acredito que ele tenha um jeito forçado”.