Viver Cabula

Saiba como usar o bicicletário da Estação Acesso Norte

Funcionamento do bicicletário segue o mesmo horário da Estação de metrô

Especial de Conteúdo

Oferecimento
Para quem mora na região do Cabula e quer se deslocar para bairros mais longos sem usar carro a chegada do metrô foi um grande aliado. E quem mora um pouco mais distante da estação também pode aderir a uma locomoção mais saudável, abdicando do automóvel e usando uma bicicleta para se deslocar até a estação de metrô. 

Foto: Reprodução

Isso porque na Estação de Metrô Acesso Norte há um bicicletrário com 108 vagas, de uso gratuito e exclusivo para os usuários do metrô. De acordo com a CCR Metrô Bahia, o objetivo do bicicletário é “incentivar o uso de bicicletas, promover a integração entre diversos meios de transporte, favorecendo a mobilidade na capital baiana”. 

O funcionamento do bicicletário segue o mesmo horário da Estação de metrô: aberto todos os dias das 5h à meia-noite. A bicicleta só poderá permanecer no bicicletário por um período de até 72 horas consecutivas. Caso passe desse período, a CCR informa que o lacre de segurança será rompido e o veículo será levado para doação. 

Uso gratuito e fácil

Não é difícil conseguir usar o bicicletário das estações de metrô se Salvador. A primeira coisa que o usuário precisa fazer é realizar um cadastro com o atendente do local, apresentando um documento com foto e comprovante de residência. Não é preciso pagar nenhuma taxa para fazer o cadastro ou para deixar a bicicleta no local.

Ao chegar ao local, o usuário vai apresentar um documento com foto a um colaborador da CCR Metrô Bahia, que fará a conferência dos dados do proprietário e da bicicleta no cadastro da empresa. Após a conferência, dois cartões de identificação serão gerados: um ficará em posse do usuário, enquanto o outro será fixado no dispositivo de segurança da bicicleta.

Para fazer o uso do bicicletário, porém, você precisa possuir um dispositivo de segurança (cadeado, corrente, entre outros) para prender a sua bicicleta na vaga. Assim que receber o seu cartão de identificação, o usuário poderá levar a bicicleta para prendê-la com o dispositivo na vaga. 

Para retirar a bicicleta da vaga, basta o proprietário entregar ao responsável pelo bicicletário o cartão de identificação e um documento com foto. Após conferir e recolher os dois cartões de identificação, o usuário terá a sua saída liberada. 

Perda de cartão 

Quem perder o cartão de identificação só vai poder retirar a bicicleta caso apresente um documento com foto, além de documentos que comprovem todos os dados declarados na ficha de cadastro. 

De acordo com a CCR, os dispositivos de segurança que forem rompidos não serão reembolsados. A empresa também não se responsabiliza pelos acessórios deixados na bicicleta ou por danos ocasionados na mesma.