Saúde

Saiba mais sobre a doença que afastou Avicii dos palcos aos 24 anos

Causas da pancreatite são variadas, entre elas o uso excessivo de álcool e a formação de cálculos na vesícula biliar

Redação iBahia (recadao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O músico internacional Avicii sofreu com crises críticas de pancreatite nos últimos anos. O quadro do problema se complicou ao ponto de ser necessário fazer cirurgias para retirada do apêndice e a vesícula biliar, em 2014. Essa doença consiste em uma inflamação no pâncreas que pode ser classificada em aguda, crônica ou hereditária.

As causas da pancreatite são variadas, entre elas o uso excessivo de álcool e a formação de cálculos na vesícula biliar. Essa doença dificulta o funcionamento do pâncreas, órgão importante no processo de digestão dos alimentos e responsável por produzir insulina e glucagon, hormônios que controlam os níveis de glicose no sangue.  

Foto: Reprodução

O paciente pode identificar a enfermidade através de alguns sintomas, que variam conforme o grau da doença. São elas:

- Pancreatite hereditária:
dor abdominal e diarreia que duram por vários dias.

-Pancreatite aguda: começa com uma dor gradual ou súbita no abdômen superior, que pode se agravar após o consumo de algum alimento. Além disso, o paciente costuma fica com a barriga inchada, náuseas, ictéricia (cor amarelada na pele e nos olhos), vômitos, febre, pulso rápido, desidratação e pressão baixa. Os dois últimos sintomas podem levar a falha do coração, pulmões ou rins.

- Pancreatite crônica: dores no abdômen que irradiam nas costas após as refeições, náuseas, vômitos, perda de peso sem motivo aparente, diabetes, diarreia e fezes com aparência gordurosa e amarelada.



O que fazer se identificar os sintomas


Ao perceber a recorrência de algum desses sintomas, o ideal é procurar um especialista, médico endocrinologista ou gastroenterologista. O diagnóstico da doença depende da realização de exames (como o de sangue, fezes e urina, ultrassom abdominal, tomografia computadorizada e ultrassom endoscópio) para traçar uma minuciosa história clínica do paciente. 

Quanto ao tratamento depende do diagnóstico e do estágio da doença.

Como evitar a pancreatite

- Não exagere no consumo de bebidas alcoólicas;
- Se já apresenta algum dos sintomas evite consumir álcool até ter um diagnóstico médico;
- Faça regularmente os exames de rotina e a qualquer sinal estranho busque um especialista.