Tecnologia

Site oferece serviço de namorada falsa para fazer ciúmes no Facebook

O site que aluga namoradas e ficantes de mentirinha para deixar recados e comentar fotos no seu Facebook existe mesmo

Priscila Chammas (priscila.chammas@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Acabou um namoro recentemente e sua ex já está esfregando outro na timeline do seu Facebook? Está de olho em alguém, mas ela está tirando onda com a sua cara? É homossexual ainda no armário e não aguenta mais a pressão da família? Seus problemas acabaram!


À primeira vista, o Namoro Fake (ou falso, na tradução para o português) parece ser mais um produto das Organizações Tabajara, do finado programa global Casseta & Planeta Urgente. Mas não. O site que aluga namoradas e ficantes de mentirinha para deixar recados e comentar fotos no seu Facebook existe mesmo.


A fórmula de arrumar outra para provocar ciúmes é antiga (quem nunca usou?), mas só agora alguém teve a ideia de transformar isso num negócio. E rentável, segundo o criador do site, o empresário sul-matogrossense Flávio Estevan, de 32 anos. “A gente enxerga o problema que a pessoa nem sabe que tem”, garante ele.


Funciona assim: o homem entra no site www.namorofake.com.br e seleciona um dos quatro pacotes disponíveis. Tem ficante, ex-namorada, namorada e namorada virtual. Cada opção tem seu preço e posta uma quantidade específica de comentários no seu perfil, por uma quantidade determinada de dias.


O pacote mais barato é o de ficante: você paga R$ 10 e tem direito a três comentários dela, em três dias consecutivos. O mais caro é o de namorada virtual. Por R$ 99, ela posta recadinhos amorosos por 30 dias seguidos (sua ex vai querer morrer!). Achou caro? Não tem problema. O site divide o valor em até 12 vezes no cartão de crédito.


Os recadinhos são o próprio cliente que elabora e manda para a garota por mensagem in box. Assim, não tem o perigo dela acabar dando um fora sem querer.


As namoradas
Uma vez escolhido o pacote, você seleciona a garota, através de seus perfis no Facebook. Para os mais assanhadinhos, um aviso no site diz: “Não somos uma agência de acompanhantes. Não estamos oferecendo-lhe serviços de namoradas verdadeiras. Por favor, não confunda nosso serviço para qualquer fim de natureza sexual”.


“A maior parte dos nossos clientes nos procura para causar ciúmes em ex-namoradas ou em uma mulher que ele nem ficou ainda, a fim de gerar uma atração maior”, conta Estevan. Segundo ele, o negócio teve início há 20 dias, mas estourou na semana passada, depois que virou notícia.


“Já temos centenas de meninas cadastradas, mas não estamos dando conta, pois cada uma só pode atender um ‘namorado’ de cada vez”, diz ele, acrescentando que tem outras centenas de clientes numa fila de espera.

Por isso o site está selecionando garotas dispostas a serem namoradas fake. Elas têm direito a 50% do valor pago pelo cliente, e tudo o que precisam fazer é postar alguns recadinhos no Facebook dele.


Para as mulheres que se interessaram, mas estão preocupadas com sua reputação entre os amigos e potenciais ficantes do próprio Facebook, ele avisa: “Um dos critérios para a escolha de uma ‘namorada’ é que ela não pode ter nenhum amigo em comum com o cliente, e ele não pode postar nada na página dela”.


E como a maioria das cidades brasileiras é que nem Salvador (aquele famoso ‘ovo’, onde todo mundo se conhece), quase sempre os ‘casais’ acabam se formando entre pessoas de cidades diferentes.


Ideia
Agora é o momento em que você pensa: “Por que essa ideia não foi minha?”. Pois a inspiração para a criação do serviço foi um amigo de Estevan que, abalado com o fim de um namoro, ainda teve que aturar a ex-namorada desfilando com outro rapaz.


Foi aí que o empresário criou um perfil de mentira, com a foto de uma mulher, e começou a postar mensagens carinhosas. Incomodada com a rival, a ex-namorada do amigo de Estevan viu que a concorrência não estava fácil e resolveu voltar para ele.


Mas esse não é o único case de sucesso do site. No portal, é possível ler depoimentos de homens que contrataram o serviço e se deram bem. “Minha namorada caiu direitinho e ficou morrendo de ciúmes da minha ficante. Deu certo, porque ela voltou para mim”, diz um dos comentários, anônimo.


Não só isso, como tudo no site é bastante sigiloso. Só os usuários cadastrados que já pagaram a taxa têm acesso aos perfis das ‘namoradas’ disponíveis. Elas, por sua vez, precisam ter seus perfis bloqueados para estranhos e, como já foi dito, não ter nenhum amigo em comum com o usuário. E aí? Precisando do serviço?


Criador quer expandir serviços para mulheres e gays
No início era só o desenvolvedor de sites Flávio Estevan. Vinte dias depois, os negócios bombam e ele já tem até assessoria de imprensa. “Também já temos marketing, investidores... me agreguei a uma equipe, mas ainda estamos vendo como vai ficar. Não somos sócios, mas também não são contratados”, diz ele.


O negócio vai tão bem que ele planeja atender às solicitações femininas e oferecer também namorados fakes (se você é mulher, com certeza, já estava se questionando sobre isso).


“No segundo semestre já devemos ter a versão para mulheres e, mais pro final do ano, para os gays”. E a expansão não para por aí. “Por enquanto, atendemos só o Brasil, mas já existe uma procura pelo serviço lá fora. A intenção é expandir o negócio”, diz ele.


Segundo o empresário, como o site cresceu muito rápido, a equipe ainda está ajustando algumas coisas e não sabe ao certo quantos clientes tem.


Também estão estudando um jeito de a mesma ‘namorada’ atender mais de um usuário, já que uma das dificuldades é selecionar as candidatas, por causa dos muitos pré-requisitos. “Não posso falar quais são porque são sigilosos, mas apenas 10% de quem se candidata passa na peneira”.


Matéria original do Correio

Site oferece serviço de namorada falsa para fazer ciúmes no Facebook

Comentários
Veja Mais