Bahia

Suspeito de agiotagem é preso com cartões do Bolsa Família na Bahia

Ele irá responder por agiotagem e retenção de documentos de terceiros

Agência O Globo

Um homem foi preso com cerca de 65 cartões bancários e do Bolsa Família após a prática de agiotagem no município de Glória, no norte da Bahia. Luciano Medrado Santos, de 45 anos, foi encontrado no povoado de Queimadas depois de uma denúncia anônima, na noite de quarta-feira.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com o delegado titular Marco Barcelar, ele retia cartões do benefício do programa do governo federal para receber o dinheiro de empréstimos concedidos às vítimas. Além dos cartões foram encontrados R$ 3,5 mil em cheque, R$ 330 em espécie e um caderno com a contabilidade da agiotagem.

Luciano prestou esclarecimentos na delegacia de Glória e foi liberado em seguida. Segundo o delegado, o caso foi encaminhado para Jecrim - Juizado Especial Criminal de Paulo Afonso / Ba. Ele irá responder por agiotagem e retenção de documentos de terceiros. A pena pode variar até dois anos.