Salvador

Trânsito na ligação Iguatemi-Paralela será alterado nesta segunda; veja alternativas

O final da Paralela deve ser evitado nos períodos de 7h às 10h e 17h às 19h30 - horários considerados picos máximos do trânsito

Redação Correio 24h

Motoristas devem evitar a Ligação Iguatemi-Paralela (LIP), sentido Centro, a partir desta segunda-feira (9). É que os trechos na altura da Madeireira Brotas, Rodoviária e Detran estarão parcialmente interditados para realização de obras da CCR Metrô. De acordo com o superintendente de trânsito de Salvador, Fabrizzio Muller, o final da Paralela deve ser evitado nos períodos de 7h às 10h e 17h às 19h30 - horários considerados picos máximos do trânsito. "A gente vai estar bastante atento nesses horários mas é inevitável que esses transtornos ocorram, então, a recomendação é que os trechos sejam evitados", afirmou Muller.

As obras são para a implantação da Via Expressa que ligará as avenidas Luiz Viana Filho (Paralela) e Antônio Carlos Magalhães (ACM). De acordo com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), a via vai melhorar a mobilidade na região, que registra grande fluxo viário. Ainda conforme o superintendente, as obras devem ocorrer durante as 24horas do dia e a previsão é de que durem até o início do Carnaval. "São várias frentes de obra na via pública e, à noite, alguns trechos serão totalmente interditados", pontuou. Segundo ele, em dias de interdições totais as vias estarão devidamente sinalizadas.

Alternativas
A primeira interdição será de uma faixa da ACM no sentido Rótula do Abacaxi, com bloqueio na altura da Madeireira Brotas. O trânsito vai ser interrompido em 165 metros da faixa da direita, junto ao canteiro central da via. Outra faixa será interditada no trecho final da Av. Luiz Viana Filho, um pouco antes da Ligação Iguatemi-Paralela (LIP), no sentido Centro.

O acesso ao Viaduto Raul Seixas também será interditado entre as noites de segunda (09) e quarta-feira (11), sempre entre 23h30 e 5h. Neste período, os motoristas que precisarem passar pela Av. ACM no sentido Lucaia devem seguir até a Rótula do Abacaxi e pegar o retorno nas proximidades da Estação Acesso Norte. A partir daí, o condutor pode retornar à Av. ACM no sentido Hiper Posto.

A recomendação da Transalvador é de que os motoristas optem por utilizar a Avenida Luiz Eduardo Magalhães para acessar a Avenida Mario Leal Ferreira (Bonocô) e Acesso Norte. Para a área da Av. ACM, Tancredo Neves, Iguatemi e Caminho das Árvores, é possível seguir pela Av. Octávio Mangabeira (orla), utilizando como acesso as avenidas Orlando Gomes, Pinto de Aguar e o bairro do Imbuí. A Transalvador lembra, no entanto, que não haverá mudanças nas linhas de ônibus porque os locais das obras não serão bloqueados totalmente durante o dia.

“O período para a obra, entre janeiro e março, foi estrategicamente escolhido pela Transalvador, já que o fluxo de veículos cai consideravelmente em razão das férias escolares”, explicou Fabrizzio. A proposta é de que a nova via expressa tenha três faixas de tráfego ligando as avenidas ACM e Paralela. O que, segundo a Transalvador, vai evitar entrelaçamentos de veículos da marginal da alça de saída da Av. Luís Eduardo Magalhães para a pista principal.