Salvador

Uber volta à pauta em reunião sobre legalização nesta segunda (19)

Representantes de serviços que fazem o transporte remunerado de pessoas, como a Uber, e também taxistas devem ser chamados para conversar

Jairo Costa Júnior, com Luan Santos da Redação Correio 24h

Após a decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ) favorável a Uber, a regulamentação do serviço em Salvador voltou à pauta no Palácio Thomé de Souza e na Câmara Municipal. O chefe de Gabinete da prefeitura, João Roma (PRB), e o vereador Maurício Trindade (DEM), autor de uma proposta de legalizar a Uber, vão se reunir amanhã para debater o assunto. Três opções são consideradas: levar à frente o projeto de Trindade, apresentado no início do ano; a prefeitura elaborar uma nova proposta; ou aguardar a regulamentação que tramita no Congresso ser aprovada para, em seguida, fazer uma específica.


A proposta de Trindade prevê que a prefeitura definirá a tributação e que os motoristas terão que contratar seguro para acidentes de passageiros, entre outros pontos. Pela proposta  nacional, os veículos do serviço terão que usar placa vermelha, como os táxis, o que não tem agradado os motoristas. Na última quarta, o TJ considerou inconstitucional a lei que proibia o serviço.

Se não pode vencê-los...
Representantes de serviços que fazem o transporte remunerado de pessoas, como a Uber, e também taxistas devem ser chamados para conversar. Esta categoria, que muito protesta contra o rival, tem mostrado menos resistência e já considera a regulamentação um avanço.


Veja Mais