Brasil

Universitária tem 45% do corpo queimado ao ser atacada por mulher

Caso foi no interior de Goiás; mulher quebrou janela com marreta

Redação Correio 24h

Uma universitária de 20 anos teve quase metade do corpo queimado na manhã desta sexta-feira (16) em São Luís de Montes Belos, em Goiás. Beatriz Carneiro de Araújo saiu de casa para comprar pão e, ao retornar para o carro, foi atacada por uma mulher que quebrou o vidro e ateou fogo no veículo. A jovem foi socorrida e está internada com queimaduras em 45% do corpo. A suspeita foi presa em flagrante.

Foto: Reprodução

Beatriz teve queimaduras de 2º grau no rosto, peito, costas e braços. Ela está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular da cidade. O quadro é considerado estável, segundo informação do G1.

Advogado da família, Marcelo Borges contou que a vítima não conhece a mulher que a atacou. "Quando a Beatriz entrou no carro, essa mulher bateu com uma marreta, jogou álcool e depois ateou fogo. Ela, desesperada e tentando sair com o veículo, acabou conseguindo ligá-lo, mas bateu em seguida em um poste. Em seguida, saiu de dentro dele com o corpo em chamas", explica. No desespero, Beatriz tirou a blusa para tentar conter as chamas. Pessoas que estavam no local a ajudaram na tentativa de parar o fogo.

A Polícia Militar prendeu em flagrante a suspeita, que foi levada para a delegacia. O nome dela não foi divulgado e ainda não se sabe o que motivou o atentado.