Salvador

Vai a pé até o Bonfim? Veja os cuidados para evitar problemas como desidratação

A Prefeitura vai disponibilizar um esquema especial de atenção à saúde no trajeto da festa

Redação iBahia (redacao@portalibahia.comn.br)
- Atualizada em

Nesta quinta-feira (12) será realizada a tradicional Lavagem do Bonfim, em Salvador e, como de costume, baianos e soteropolitanos vão percorrer oito quilômetros entre a Igreja da Conceição da Praia, no Comércio, até o Bonfim. Para aguentar firme o percusso, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) sugere dicas para evitar transtornos à integridade da população para evitar distúrbios como hipertensão, hipotensão, desidratação, hipoglicemia, insolação e calos nos pés – sintomas comuns de quem pratica exercícios sob o sol.

Acostumada a socorrer vítimas dos excessos e das dificuldades desse trajeto, a coordenadora do Módulo de Saúde da Colina Sagrada, Aline Ribas, recomenda o uso de roupas e calçados leves, alimentação adequada e apresenta outras dicas para enfrentar as caminhadas e aclives que o percurso da festa sugere.

“É indispensável o uso de um bom tênis de corrida ou caminhada, bonés, viseiras e protetor solar com o fator compatível com a tonalidade da pele do usuário. Além disso, é essencial o consumo de comidas leves, frutas, ingestão constante de água fresca e sucos, além de evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas”, diz.

Esquema de saúde - Para garantir os cuidados emergenciais e prestar auxílio a quem for à Colina Sagrada nesta quinta-feira, a Prefeitura vai disponibilizar um esquema especial de atenção à saúde no trajeto da festa, com atendimento contínuo entre 10h e 22h. A ação terá apoio do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e contará, na própria Colina, com a implantação de um módulo para urgência e emergência localizado ao lado da Basílica. A estrutura montada para a festa dispõe de duas unidades básicas e uma avançada do Samu, 16 profissionais, sendo 11 à disposição do módulo e cinco nas ambulâncias. O corpo funcional conta com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes de limpeza e atendentes.

Comentários
Veja Mais