Salvador

Veja vídeo: ferry não consegue atracar e carros têm que desembarcar de ré em Salvador

Ferry Maria Bethânia teve dificuldades para conseguir atracar no Terminal de São Joaquim, em Salvador

Redação Correio 24h

Os passageiros do ferry boat Maria Bethânia passaram por momentos complicados na tarde deste domingo (18). Um dos motores da embarcação quebrou quando estava próximo de atracar no Terminal de São Joaquim e, segundo relatos de passageiros, o problema demorou cerca de 1h para ser resolvido.

Segundo o estudante Ednaldo Mata, 45 anos, o ferry saiu de Bom Despacho por volta das 15h30 e chegou em Salvador por volta das 16h10, quando começou a apresentar problemas. "A maré ficava arrastando, e ele dando voltas, ficou cerca de 1h desse jeito. O [ferry] Zumbi dos Palamres colocava na posição, mas não conseguia ajudar", contou.


Por causa das voltas que o ferry deu para tentar desembarcar, alguns passageiros ficaram nervosos com a situação e crianças chegaram a chorar. "Ninguém deu nenhuma satisfação para os passageiros, nenhuma satisfação", relatou o passageiro.

Depois de diversas tentativas, a embarcação conseguiu encostar para fazer o desembarque, mas apenas na posição contrária e os veículos precisaram sair de ré. "os carros desceram de ré, como eu estava de moto foi menos sofrido", contou Ednaldo.  

Segundo a assessoria da Internacional Travessias, que administra o sistema,o ferry tem dois motores, mas um deles apresentou problema, o que causou um atraso de 40 minutos no desembarque, mas sem maiores transtornos aos passageiros. Após o problema, o ferry foi retirado para manutenção.

Veja Mais