Brasil

Vídeo que mostra pastora quebrando imagens de santa gera polêmica

Imagens mostram uma mulher, que apontada como pastora da igreja, quebrando imagens de Nossa Senhora Aparecida

Redação Correio 24h

O vídeo de um ritual de uma igreja evangélica tem gerado polêmica nas redes socais. As imagens mostram uma mulher, que apontada como pastora da igreja, quebrando imagens de Nossa Senhora Aparecida. O caso aconteceu em Botucatu, no interior paulista.

O vídeo do ritual foi compartilhado por um usuário no Facebook na terça-feira (10) e apagado em seguida, após a repercussão negativa que gerou. Entretanto, outros internautas já tinham salvado o vídeo, que foi compartilhado em grupos de outras redes sociais e por WhatsApp. 



De acordo com o portal "G1", o autor do vídeo foi um dos obreiros, como são chamado os membros da igreja evangélica. As imagens mostram a mulher apontada como pastora quebrando uma imagem da santa com um martelo. Durante o ritual, um grupo de pessoas presencia a ação da pastora e fazem orações. 

No vídeo, é possível ainda ouvir a oração dos obreiros. "Oh, glória. Não aceito outro Deus. Aleluia, Jesus. Teu nome seja glorificado, Senhor. Abençoa, Senhor, meu pai, que foi feita pelas mãos do inimigo. Seu nome será honrado e glorificado. Está quebrada, em nome de Jesus", dizem. 

O Conselho Municipal de Pastores informou ao "G1" que a prática é comum e ocorre sempre que uma pessoa se converte à religião. O conselho afirmou ainda que não concorda com a filmagem desses rituais e que vai entrar em contato com a pastora para esclarecer o ocorrido. 

Comentários
Veja Mais