Bahia

Vira-lata salva menino de 6 anos de ataque de rottweiler em Vitória da Conquista

O menino teve ferimentos na cabeça, braço e orelha foi encaminhado para o hospital e liberado depois de ser atendido

Redação Correio 24h

Israel Brito, de 6 anos, foi salvo por um cachorro vira-lata após ser atacado por um rottweiller em Vitória da Conquista, no Sudoeste do estado. O menino teve ferimentos na cabeça, braço e orelha foi encaminhado para o hospital e liberado depois de ser atendido. O acidente aconteceu na última quinta-feira (15). As informações são do G1.


(Foto: Foto: Reprodução/TV Sudoeste)

O pai de Israel, Célio Brito, contou como aconteceu o ataque. Segundo ele, o garoto esperava a avó abrir a portar de casa, quando foi atacado pelo cão. “Foi uma tragédia. Chegamos a uma residência ali na casa de minha mãe no Alto Maron [bairro], quando foi demorado para abrir a porta a criança, o Israel saiu à esquerda e sentou na calçada com mais algumas crianças e ficaram brincando por ali. De repente, um portão da casa se abriu e um cachorro rottweiler grande saiu de dentro da residência e abocanhou o menino e ficou mordendo o menino, jogando de um lado pra outro”, lembra Célio Brito.

Ele acrescentou que tentou salvar o filho por extinto, mas o cachorro o jogou para o lado. "Parti pra cima pra tentar separar o cachorro da criança e o cachorro também me jogou de lado, eu machuquei o joelho”, disse.

O heroi da história foi o vira-lata da família. “Um cachorro vira-lata, da própria casa da minha mãe, partiu pra cima e acuou esse cachorro. E esse cachorro soltou a criança, de forma que eu pude segurá-lo e trazê-lo pra longe", relatou.

(Foto: Reprodução/TV Sudoeste)

O pai de Israel, Célio Brito, contou como aconteceu o ataque. Segundo ele, o garoto esperava a avó abrir a portar de casa, quando foi atacado pelo cão. “Foi uma tragédia. Chegamos a uma residência ali na casa de minha mãe no Alto Maron [bairro], quando foi demorado para abrir a porta a criança, o Israel saiu à esquerda e sentou na calçada com mais algumas crianças e ficaram brincando por ali. De repente, um portão da casa se abriu e um cachorro rottweiler grande saiu de dentro da residência e abocanhou o menino e ficou mordendo o menino, jogando de um lado pra outro”, lembra Célio Brito.

Ele acrescentou que tentou salvar o filho por extinto, mas o cachorro o jogou para o lado. "Parti pra cima pra tentar separar o cachorro da criança e o cachorro também me jogou de lado, eu machuquei o joelho”, disse.

O heroi da história foi o vira-lata da família. “Um cachorro vira-lata, da própria casa da minha mãe, partiu pra cima e acuou esse cachorro. E esse cachorro soltou a criança, de forma que eu pude segurá-lo e trazê-lo pra longe", relatou.