E. C. Vitória

Vitória e Vasco conversam sobre troca entre Kieza e Escudero

Nenhum dos dois clubes ficou satisfeito com desempenho do jogadores em 2017

Daniela Leone, do Correio 24h

Kieza até se esforçou, mas não conseguiu cair nas graças da torcida rubro-negra. Depois de duas temporadas na Toca do Leão, o atacante pode se despedir para viabilizar o retorno de um jogador que alcançou o status de ídolo. Vitória e Vasco conversam para trocar Kieza por Escudero. A negociação ainda está no começo, mas há o interesse dos dois clubes.

Representante de Escudero no Brasil, José Galante confirma o interesse do meia em retornar à Toca do Leão, mas garante não ter sido procurado pelas diretorias dos clubes. “Ele sempre quis voltar ao Vitória. O clube do coração dele é o Vitória hoje em dia. Fica triste se o Vitória está mal”, contou. “Parece que existe o interesse, mas não fui procurado”, pontuou.

As pendências financeiras que o clube cruzmaltino tem com o meia poderiam dificultar as tratativas. O alto salário dos atletas também. Empresário de Kieza, Igor Albuquerque não foi encontrado para falar sobre o assunto.

As duas temporadas de Kieza no Vitória não foram satisfatórias diante do esforço que o clube fez para ter ele no elenco. O Leão comprou os direitos econômicos do atleta junto ao São Paulo na intitulada “Operação K9” e firmou contrato até dezembro de 2018. Recepcionado com pompas no aeroporto pelo então presidente Raimundo Viana, Kieza fez 79 jogos e marcou 25 gols em dois anos. Na Série A deste ano, foram apenas três. Com a camisa do Bahia, só em 2015, o centroavante anotou 29 tentos.  

Se for para o Vasco, essa será a segunda passagem do atacante, 31 anos, pelo Rio de Janeiro. Em 2009 e 2010, Kieza vestiu a camisa do Fluminense, mas não conseguiu se destacar. Ele era reserva de Fred.

Ídolo

A primeira passagem de Escudero pelo Vitória foi entre 2013 e 2015. Apelidado pela galera da arquibancada de “Escumito”, o meia tem 93 jogos com a camisa vermelha e preta, além de 18 gols. Deixou a Toca para atuar no futebol mexicano.

Escudero chegou ao Vasco em janeiro deste ano e tem contrato até dezembro de 2018. Anunciado como presente de Natal para a torcida, não conseguiu se firmar no time. O meia defendeu a equipe carioca em apenas 20 jogos, sendo 12 como titular. Marcou só um gol.

A última vez que ele entrou em campo foi no dia 17 de setembro, quando utilizado durante a derrota por 1x0 contra o Corinthians, na 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois, sofreu uma lesão por desgaste no pé esquerdo e passou por cirurgia em 21 de novembro. Ainda sem previsão de retorno aos gramados, Escudero está intensificando o tratamento durante as férias na Argentina.

“Depois de uma semana de tratamento aqui na Argentina, comecei hoje (terça, 26) a fazer a parte de piscina. Estou melhorando a cada dia”, postou o jogador em sua conta pessoal no Instagram.