Nem Te Conto

‘Viver no nordeste sendo criança viada é mais difícil ainda’, diz Pabllo Vittar

Durante bate-papo com youtuber Caio Braz, a drag relembrou alguns momentos difíceis da infância

Agência O Globo

Com a turnê “Life”, Pabllo Vittar tem se apresentado em diversas partes do país. A cantora tem aproveitado para conhecer as drag queens das cidades que visita e divide sempre um conselho com todas elas. “Drag mudou a minha vida, então sou suspeita a falar. Mas sempre falo com as meninas: ‘nunca desistam, porque todas nós temos um lugar ao sol para brilharmos muito’”, disse Pabllo em entrevista a Caio Braz.

Foto: Reprodução

O youtuber acompanhou os bastidores de um dos show de Pabllo. Enquanto a drag se montava, Caio fez uma análise de como o movimento drag hoje tem ajudado crianças afeminadas que sofrem bullying. E do bate papo veio um momento desabafo da cantora:

“Esse movimento ajuda a liberar as crianças afeminadas também, não é? Antes a gente não tinha nem a quem se espelhar um pouco. Era horrível. Não podia dançar que os ‘boys’ já falavam ‘está dançando, que viado’”, relembrou Caio.

“Viver no Nordeste sendo criança viada é mais difícil ainda, mas a gente está aí. Eu agradeço muito tudo que eu passei porque isso me deixou forte, me deu vontade de correr atrás dos meus sonhos e estou aqui hoje, graças à Deus”, disse Pabllo.

[]