Bahia

Advogada é morta a tiros pelo cunhado em Feira de Santana

Familiares da vítima afirmam que a advogada brigou com o cunhado por causa de uma herança

Da Redação
- Atualizada em
Evilásio Lima Cerqueira atirou na cunhada após discussão;
a irmã dela também ficou ferida

Uma advogada de 63 anos foi morta a tiros na manhã desta sexta-feira (17) no município de Feira de Santana. O crime aconteceu no bairro Santa Mônica, enquanto Maria Lúcia Cerqueira visitava a casa de uma das suas irmãs, Maria da Glória Lima Cerqueira, de 66 anos. De acordo com o site Acorda Cidade, familiares da vítima afirmam que ela brigou com o cunhado por causa de uma herança.


Após a discussão, Evilásio Lima Cerqueira, 67 anos, pegou uma arma e atirou diversas vezes na casa da advogada. A irmã dela, Maria da Glória, também foi baleada no rosto. Elas foram socorridas por um sobrinho para o Hospital Emec, mas Maria Lúcia não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada na unidade médica.


Uma outra irmãs das vítimas disse que a advogada morava em Salvador e estava a trabalho em Feira de Santana desde a quinta-feira (16). O cunhado da vítima ainda tentou fugir, mas foi preso em flagrante pela polícia em uma das principais avenidas da cidade.


O corpo de Maria Lúcia foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região, onde deve passar por uma perícia antes de ser liberado para o sepultamento. O estado de saúde de Maria da Glória não foi divulgado pelo Hospital Emerc, onde ela continua internada.


Matéria original Correio 24h

Advogada é morta a tiros pelo cunhado em Feira de Santana