Bahia

Aluno da UFRB é acusado de racismo após recusar receber material da mão de professora

Aluno foi convidado a se retirar da sala de aula; A universidade ainda não se posicionou oficialmente sobre o caso

Agência O Globo

Um aluno da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) está sendo acusado de  racismo  após recusar receber um material da mão de uma professora negra. O episódio foi registrado por alunos na noite desta segunda-feira (9), durante uma aula da disciplina História do Brasil Império.

Foto: Reprodução
Vídeos gravados por estudantes mostram que o aluno não aceitou receber um papel da mão da professora. Ela insistiu, mas ele repetidas vezes pediu que ela colocasse o material sobre uma mesa para depois recolhê-lo.

Já num segundo momento, também registrado por um aluno, outra docente que se identificou como coordenadora de um curso da universidade, pediu que o aluno se retirasse da sala de aula após a professora alegar que não se sentia confortável em seguir com a atividade na presença dele.

O estudante Vinicius Cerqueira, que presenciou o caso, disse que essa não foi a primeira vez que o aluno teve atitudes racistas no ambiente acadêmico.


— Ele já teve problemas com a instituição por conta das suas atitudes racistas. Ele demonstrava o preconceito muitas vezes de forma velada. Em outras aulas observamos que ele não pegava qualquer tipo de documento da mão de pessoas negras sendo elas discentes ou docentes. Ontem foi o estopim — relatou.

Procurada, a assessoria da UFRB informou que aguarda o fim de uma reunião entre representantes da instituição para emitir um posicionamento oficial sobre o caso. O GLOBO também tentou entrar em contato com a professora vítima de racismo, mas ainda não obteve retorno.

Veja vídeos: