Bahia

Após paralisação, servidores das universidades estaduais retornam às atividades

Categoria faz nova paralisação terça (18) e quinta (20) com atividade externa

Redação Correio 24h
- Atualizada em
Os servidores técnico-administrativos da Universidade do Sudoeste do Estado (Uesb), Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Universidade do Estado da Bahia (Uneb) retornaram às atividades nesta segunda-feira (17), após paralisação iniciada no dia 10 de agosto. A decisão foi tomada em assembleia geral, na sexta-feira (14).
Após paralisação, servidores das universidades estaduais retornam às atividades
(Foto: Evandro Veiga/Arquivo CORREIO)
A paralisação dos professores havia adiado o retorno às aulas, que estava previsto para a segunda-feira passada (10), depois de os professores encerrarem greve que durou 86 dias. A entrada dos professores foi impedida durante manifestação dos servidores.De acordo com o Sindicato dos Servidores Técnico-Administrativos da Uesb, os trabalhadores reivindicam o restabelecimento do pagamento do adicional de insalubridade, abertura de concursos públicos para a categoria, ampliação do quantitativo de vagas para a promoção funcional.Além disso, pedem o percentual de 7% da Receita Corrente Líquida (RCL) para os orçamentos das universidades estaduais e 1% da RCL para o Programa de Desenvolvimento e Capacitação dos técnico-administrativos e restabelecimento do adicional de até 40% que anteriormente estava no pagamento dos servidores.Ainda de acordo com o sindicato, na Uefs, haverá paralisações nos dias 18 e 20, com fechamento dos portões em um desses dias. Na Uesb, a paralisação acontece no dia 20  e os servidores realizarão enterros simbólicos das instituições e nos centros comerciais das cidades de Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga.
Correio24horas