Bahia

Contaminados: navios ficam de quarentena em Salvador após tripulantes pegarem covid-19

Mais de 20 marinheiros testaram positivo para a doença, mas não há caso de variante indiana

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Nesta sexta-feira (4), a Anvisa e a Companhia de Docas da Bahia (Codeba) confirmaram que duas embarcações internacionais estão de quarentena na Baía de Todos os Santos, em Salvador. A medida foi implantada após mais de 20 tripulantes testarem positivo para a covid-19.  

O navio Europeu Romandie cumpre quarentena desde o dia 28 de maio, quando um tripulante foi confirmado com o novo coronavírus. Ao todo, 21 marinheiros estão na embarcação que havia saído da Rússia.  

Já no navio africano Falcon Maryam a situação parece um pouco mais grave. 23 marinheiros foram confirmados com a doença no dia 26 de maio e cumprem quarentena no local. Antes de chegar à Bahia, o navio passou por Manaus e Belém.  

De acordo com a Anvisa, não existe confirmação da cepa indiana em nenhum dos casos.