Bahia

Dono de loja de telefonia é preso após chantagear cliente com divulgação de fotos íntimas

Homem foi preso neste domingo (21), quando estava com a vítima em um motel. Caso aconteceu na Bahia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Uma recepcionista de 33 anos, moradora de Feira de Santana, passou por uma situação que ninguém gostaria de passar: ser ameaçada com a divulgação de fotos e imagens íntimas na internet. A mulher foi a uma loja de telefonia da cidade, onde trocou o celular antigo por um novo, porém o proprietário do estabelecimento recuperou as fotos e conversas do aparelho e a chantageou com a divulgação das informações. Em troca, ela deveria fazer sexo com ele. As informações são do CORREIO.

Foto: Reprodução

De acordo com a apuração do CORREIO, no último dia 14 a recepcionista foi à Lengo Cel, localizada no centro de Feira de Santana, para consertar um iPhone, mas decidiu comprar um celular novo e entregar o outro para conseguir o desconto. Antes de entregar o aparelho, ela deletou todo o conteúdo do celular.

Foto: Reprodução
“Ele recuperou todos os dados móveis do iPhone de forma criminosa, usando recursos através de um computador e uma cabo USB para invadir a privacidade dela”, contou o advogado da vítima, Péricles Novais, ao CORREIO.

Quando conseguiu recuperar o conteúdo íntimo que estava no celular, o homem entrou em contato com a recepcionista e disse que gostaria de ter um encontro amoroso com ela.  Após a negativa da vítima, ele alegou que iria divulgar fotos e conversas dela, caso ela não aceitasse fazer sexo com ele.

As ameaças seguiram por uma semana até que, desesperada, a mulher decidiu se encontrar com o homem em um motel.  “Ela já estava mais que desesperada. Minha cliente tem uma filha de 15 anos. Ele disse que além de disseminar as fotos e conversas para grupos de WhatsApp, inclusive da família, ia mandar o conteúdo para a filha dela”, disse o advogado.

Quando se encontraram, a recepcionista percebeu que ele não deletaria o conteúdo, mesmo que ela fizesse sexo com ele. Desesperada, ela foi ao banheiro e ligou para a polícia. A situação aconteceu neste domingo (21).

Em instantes,  uma equipe do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 66ª Companhia Independente de Polícia Militar (66ª CIPM) entrou no motel e prendeu o empresário, que foi levado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).

Fernando Alves Souza Coelho, de 34 anos, foi autuado pelos crimes de ameaça e conjunção carnal ou ato libidinoso com alguém mediante fraude na Delegacia de Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Feira de Santana. Ele passará por uma audiência de custódia na tarde desta terça-feira (23).