Bahia

"Espero que seja eu", diz Gabrielli sobre candidato do PT ao governo

Os outros três pré-candidatos do PT são o secretário da Casa Civil da Bahia, Rui Costa, o senador Walter Pinheiro e o ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano

Camila Queiroz (camila.queiroz@redebahia.com.br)
- Atualizada em

O secretário do Planejamento do Estado da Bahia, José Sergio Gabrielli é um dos pré-candidatos do PT para o Governo do Estado. Quatro nomes estão na disputa de quem será o candidato a disputar as eleições no ano que vem para suceder Jaques Wagner e Gabrielli espera que ele seja o escolhido.


"Acho que o processo está caminhando para uma decisão. Acredito que a decisão deve ser feita na próxima reunião do diretório estadual do partido, depois de ouvir a bancada de deputados, a bancada de prefeitos, as representações dos vários segmentos do partido, a executiva, o governador, a direção nacional, chega-se ao diretório e se toma uma posição de qual é o melhor perfil. Os outros três vão apoiar quem ganhou. Eu espero que seja eu", afirmou o atual secretário do Planejamento na noite da última sexta-feira (18). Ele participou do evento em que entidades negras prestaram uma homenagem à Petrobras


Os outros três pré-candidatos do PT são o secretário da Casa Civil da Bahia, Rui Costa, o senador Walter Pinheiro e o ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano. Gabrielli também falou, na ocasião, que o PT decidiu no Diretório, que é o órgão estadual de direção do partido, que tem quatro pré-candidatos, os quais são quatro perfis diferentes para suceder Wagner. "Mas também decidiu que o melhor candidato para suceder o governador Jaques Wagner é um candidato do PT, que não vai estar sozinho. Portanto, tem que ser um candidato que tenha o apoio dos partidos aliados, que consiga congregar outros partidos aliados, que consiga representar e mobilizar as bases partidárias e que consiga também ter viabilidade eleitoral. Então o PT tem hoje quatro [pré-]candidatos para escolher, entre esses quatro, qual o melhor para cumprir esses papéis. Acredito que eu tenho todas as condições de cumprir esse papel, sou um dos quatro pré-candidatos", disse.