Bahia

Estelionatário anuncia venda de veículo nos classificados

Segundo a SSP, anúncio foi feito em um jornal de grande circulação

Da Redação (redacao@portalibaahia.com.br)
- Atualizada em

Investigadores da Delegacia Territorial de Santo Amaro, município que fica a 75km de Salvador, estão à procura de um homem que anuncia em classificados de jornais a venda de carros que não existem. Com residência em Periperi, no subúrbio ferroviário de Salvador, Marcus Antônio Soares Reis foi acusado de não entregar um veículo Celta, anunciado num jornal de grande circulação, vendido por R$ 14 mil na semana passada. Quem denunciou foi o comprador Roque Emanuel dos Santos, de Santo Amaro.


Segundo o titular da DT de Santo Amaro, delegado José Antônio, o golpista anuncia os carros e, depois de contatado pelo interessado, envia fotos e informações mais detalhadas do veículo por e-mail, seduzindo o comprador a fechar o negócio. Confirmada a transação, solicita o depósito de parte do pagamento. De acordo com o delegado, a vítima chegou a fazer dois depósitos: um no valor de R$ 9 mil e outro de R$ 5 mil, em duas contas bancárias.


A 3ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Santo Amaro) deu início às investigações e solicitou apoio da 5ª Delegacia Territorial (Periperi), em Salvador, que localizou um adolescente de 17 anos e seu colega Cristiano, ambos suspeitos de fazerem parte do esquema fraudulento. Os depósitos foram feitos em contas fornecidas por Cristiano mas, em depoimento, os dois negaram participação efetiva no golpe e foram liberados por terem colaborado com as investigações.


O adolescente contou que apresentou Cristiano a Marcus, que alegou precisar de uma conta bancária para receber uma indenização, pagando R$ 500 pela ajuda. O depósito de R$ 9 mil chegou a ser sacado por Cristiano, que fez a operação ao lado de Marcus Antônio. O outro saque seria feito posteriormente, o que acabou não ocorrendo porque a vítima, percebendo o golpe, procurou a polícia, que bloqueou o pagamento estornando o dinheiro para a conta da vítima.


Estelionato

Marcus Antônio anunciou a venda de um veículo Celta, completo, no valor de R$ 14,5 mil. A forma de pagamento seria uma entrada de R$ 2,7 mil, mais 48 parcelas iguais no valor de R$ 290. A vítima, que recebeu por e-mail fotos do suposto veículo que iria adquirir, optou por fazer um depósito no valor de R$ 14 mil em dois bancos, nos valores de R$ 9 e R$ 5 mil. Ao buscar o automóvel, que estaria na cidade de Valença, foi surpreendido ao encontrar uma oficina mecânica no local onde deveria estar a concessionária. Foi quando se deu conta de que havia sido lesado.