Bahia

Ford suspende demissões após acordo judicial; como fica a situação dos funcionários

Atividades nas fábricas deverão ser retomadas na próxima segunda-feira (22)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Na última quinta-feira (18), a Ford e Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgica, Siderúrgica, Mecânica, de Automóveis, Autopeças de Camaçari participaram de uma audiência no Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5). Após a conciliação, a montadora aceitou suspender as demissões nas fábricas e manter negociação com os trabalhadores. As atividades nas fábricas deverão ser retomadas na próxima segunda-feira (22). 

Na ocasião, ficou acordado que as negociações com os trabalhadores continuarão nos próximos 90 dias, com a garantia de salários para todos trabalhadores que forem ou não convocados para o trabalho. 

Complexo Industrial Ford em Camaçari | Foto:  Alberto Coutinho/GOVBA

Além disso, o acordo incluiu que o abono das faltas injustificadas dos trabalhadores convocados desde o dia 28 de janeiro até a presente data será remetida à mesa de negociação direta, com a Ford assumindo o compromisso de não descontar tais faltas pelos próximos 90 dias.

Os detalhes para o retorno das atividades serão debatidos em uma reunião entre a Ford e os trabalhadores, na sexta-feira (19).