Bahia

Homem é preso após matar o tio a facadas e atear fogo no corpo por dinheiro

De acordo com a polícia, o assassinato foi cometido para que ele roubasse R$ 1,7 mil da vítima

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Nesta segunda-feira (22), um homem de 26 anos foi preso suspeito de matar o tio, identificado como Graciliano da Silva, de 56 anos, a facadas e atear fogo no corpo. O crime aconteceu no último domingo (21), no povoado de Várzea da Pedra, em Araci, na Bahia. 

De acordo com a polícia, o assassinato foi cometido para que ele roubasse R$ 1,7 mil da vítima. Na delegacia, o homem confessou o crime.

"Na tentativa de esconder o corpo, ele ateou fogo em Graciliano", acrescentou o titular da DT/Araci, delegado Thiago Pessoa, que autuou o homem em flagrante por latrocínio e ocultação de cadáver. Ainda segundo a polícia, R$ 1,550 do dinheiro roubado foi recuperado. O suspeito  vai responder por latrocínio, que é o roubo seguido de morte, e ocultação de cadáver.