Bahia

IML libera corpos de duas vítimas de acidente que matou dez na BR-116

As vítimas voltavam do corte de cana no interior de São Paulo para o município de São José do Tapera, em Alagoas

Da Redação
- Atualizada em

Os corpos de duas vítimas do acidente que matou dez pessoas na BR-116 já foram liberados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Jequié, na manhã desta segunda-feira (17). O corpo de José Gomes da Silva, 38 anos, natural de Ribeirão Preto, em São Paulo, deve ser sepultado no município de Pedregulho, no estado de Alagoas. Já o corpo de Keverton dos Santos, 18 anos, foi encaminhado para a cidade de Maravilha, também em Alagoas, onde deve ser enterrado.


Ainda de acordo com o DPT, os corpos das outras oito vítimas devem ser liberados para os familiares no final da tarde desta segunda-feira (17).  O acidente aconteceu na madrugada do domingo (16), quando uma carreta invadiu a pista contrária e bateu de frente contra o micro-ônibus.


As vítimas voltavam do corte de cana no interior de São Paulo para o município de São José da Tapera, em Alagoas. O acidente desta madrugada ocorreu a 11 quilômetros do local onde 36 pessoas morreram, a maioria trabalhadores rurais, em uma batida em dezembro de 2011.

Dez cortadores de cana morreram em acidente grave na BR-116 (Foto: Blog Marcos Frahm)


Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os dois veículos bateram de frente em uma curva por volta das 4h. Nove delas morreram no local do acidente, no km-594. O motorista da carreta fugiu após acidente, e ainda não foi localizado pela polícia. Três passageiros foram socorridos por ambulâncias da Via Bahia, concessionária que administra a rodovia.


Jefferson Alves Santos Silva, 18 anos, morreu antes de dar entrada ao Hospital Prado Valadares, em Jequié. As demais vítimas foram identificadas pela PRF como Vanderlei Celso Fernandes, 51 anos, Cícera Marcelina dos Santos Alves, 47, Francisco José da Silva, 25, Clóvis Junior de Oliveira, 23, João Joaquim de Moraes, 38, Keverton dos Santos, 18, Jeamerson Barbosa da Rocha, 20, e José Gomes da Silva, 38 anos, José Gomes da Silva, 38, e Cosmo da Silva.


O provável condutor da carreta é Marcelo Luiz Medeiros, segundo a PRF. Ele não foi encontrado no  local e até o momento não foi localizado pela polícia, que realiza buscas pelo responsável pelo acidente.


Os dois sobreviventes do acidente foram identificados como José Leandro Feitosa da Silva, 21 anos, natural de Santa Brígida, no Oeste baiano, e Cosme da Silva, 24, natural de Alagoas. Eles permanecem internados no Hospital Prado Valadares, e o estado de saúde deles é estável.


Matéria original Correio 24h

IML libera corpos de duas vítimas de acidente que matou dez na BR-116