Bahia

Jovem agredida com pedradas consegue medida protetiva contra ex

Para polícia, ela contou que o relacionamento terminou há dois anos, mas o ex não aceita o fim e, por isso, a persegue

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Uma adolescente de 16 anos foi agredida pelo ex-namorado, de 17 anos, a pedradas. O caso aconteceu no dia 17 de outubro, em Iaçu, na Bahia. De acordo com informações do delegado Ítallo Bruno Araújo, responsável pelo caso, ao G1, a jovem teve a medida protetiva de urgência concedida pela justiça. 

A agressão foi registrada na Polícia Civil e a jovem contou que o relacionamento terminou há dois anos, mas o ex não aceita o fim e, por isso, a persegue. O rapaz responde em liberdade e em caso de descumprimento de qualquer condição imposta na medida, que tem prazo de seis meses, pode ser detido. 

No documento do Poder Judiciário do Estado da Bahia, consta que as condições da medida são:

- Proibido o contato do adolescente com a vítima e familiares por qualquer meio, ainda que por terceiras pessoas;

- O adolescente fica proibido de se aproximar da vítima e das testemunhas constantes na representação do caso, pelo limite mínimo de 100 metros;

- Proibição de frequentar as proximidades da residência da vítima, casa religiosa ou qualquer outro lugar que ela frequente habitualmente.