Bahia

Lauro de Freitas prorroga toque de recolher até 14 de junho

Decisão, que busca diminuir a proliferação do novo coronavírus, foi debatida em reuniões

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A medida que restringe a circulação de pessoas e automóveis em Lauro de Freitas, das 8h às 5h do dia seguinte, foi prorrogada até o dia 14 pela administração municipal. A decisão, que busca diminuir a proliferação do novo coronavírus, foi debatida em reuniões com representantes de diversos segmentos do comércio local.

Durante os encontros, que contaram com a presença da prefeita Moema Gramacho, ficou acordada a criação de um grupo de trabalho com representantes dos comerciantes e da Prefeitura, para avaliarem, a partir da próxima semana, à luz dos dados da pandemia no município, protocolos para provável retorno gradual das atividades comerciais e outras. 

No período de restrição, mercados e supermercados varejistas e atacadistas, poderão funcionar das 06h às 19h, de segunda à sábado, e até às 17h no domingo. Somente farmácias e unidades de saúde estão autorizadas a funcionar 24 horas. Delivery de gêneros alimentícios funcionam até às 23h59. Todos os demais estabelecimentos essenciais devem encerrar às atividades até às 20h. 

A tomada de decisão por parte da Prefeitura em diálogo com o setor, foi aplaudida pelos representantes de supermercados, atacadistas e varejistas, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Lauro de Freitas, do comércio do Centro da cidade, Conselho de contabilidade, Associação de Bares e Restaurantes, setores da indústria, e da Associação Comercial e Empresarial de Lauro de Freitas (ACELF).

Para minimizar os efeitos negativos da pandemia do coronavírus sobre a economia do município, a Prefeitura de Lauro de Freitas prorrogou prazos para pagamento de impostos, a exemplo de TFF e IPTU, e mais recentemente, disponibilizou o aplicativo “Cidade Solidária”, uma plataforma desenvolvida pela gestão para viabilizar a venda online de micro, pequenos e médios empresários. Até esta sexta-feira (5), mais de 3 mil estabelecimentos já haviam se cadastrado e as compras têm se intensificado.