Bahia

Ministério Público cria grupo para acabar com bloqueios em estradas

Medida foi tomada após manifestação quilométrica causar transtornos nesta terça (3)

Redação iBahia
- Atualizada em

Após os transtornos causados pela manifestação que gerou 15 quilômetros de congestionamento, nesta terça-feira (3), na BR-324, o Chefe do Ministério Público na Bahia, procurador-geral de Justiça Wellington César Lima se reuniu com o secretário de Infraestrutura e vice-governador da Bahia, Otto Alencar, para discutir providências relacionadas à obstrução de rodovias durante protestos.

O vice-governador entregou um ofício ao procurador solicitando do Ministério a articulação, junto ao Poder Judiciário e à Secretaria de Segurança Pública (SSP), na busca de soluções para possíveis problemas posteriores. Com isso, César Lima informou que irá designar um grupo de trabalho, formado por promotores de Justiça dos Centros de Apoio Operacional da Segurança Pública e Defesa Social (Ceosp), da Cidadania (Caoci), Criminal (Caocrim) e dos Núcleos de Inteligência Criminal (NIC) e de Direitos Humanos (Nudh), para atuar na prevenção e no gerenciamento de crises junto ao Ministério Público Federal, a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), a SSP e as Polícias Rodoviárias Federal e Estadual.

O ato será publicado nesta quarta-feira (4), no Diário da Justiça Eletrônico. Estiveram ainda na reunião os promotores de Justiça Márcio Fahel, Luís Cláudio Nogueira, Geder Gomes, José Vicente Lima e José Renato Mattos.