Bahia

Morre homem baleado durante paredão em SAJ; Iuri Sheik é o principal suspeito do crime

Em entrevista à TV Bahia, o delegado do caso informou que ele teria atirado em Willian após ter um aperto de mão negado pela vítima

Redação iBahia
- Atualizada em

O homem que foi baleado durante uma festa tipo 'paredão' de Santo Antônio de Jesus (BA) no último domingo (23) não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo na tarde desta quarta-feira (26). William Oliveira, de 28 anos, estava internado em estado grave no Hospital Geral de Santo Antônio de Jesus desde o dia do crime. A informação foi confirmada pela TV Bahia.

Internado desde domingo (23), William Oliveira não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo (Foto: Reprodução)
O empresário e digital influencer, Iuri Sheik é o principal suspeito do crime. Em entrevista à TV Bahia, o delegado do caso, Edilson Magalhães, informou que ele teria atirado em Willian após ter um aperto de mão negado pela vítima.

"Seis testemunhas foram ouvidas. Três delas viram o momento dos disparos. Elas contam que William já estava na festa [paredão] quando Sheik chegou e estendeu a mão para falar com William, mas ele [o empresário] disse que não ia apertar a mão de Iuri. Então, ele [Iuri] foi no carro, pegou uma arma, voltou e atirou em William. Iuri entrou no carro e saiu em alta velocidade", explicou o delegado à TV Bahia.
Foto: Reprodução
Na terça-feira (26), Iuri publicou uma foto chorando no stories da sua conta no Instagram com a seguinte mensagem:  'toda versão existe dois lados. Logo mais vou me apresentar e contar realmente o que aconteceu'. O digital influencer ainda não se apresentou à polícia e segue foragido. Se condenado, ele pode cumprir pena de trinta anos de prisão por crime de homicídio.