Bahia

Morre o ex-governador da Bahia Roberto Santos

Ele tinha 94 anos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Morreu na tarde desta terça-feira (9) o ex-governador da Bahia, ex-reitor da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e médico Roberto Santos, aos 94 anos. A notícia foi dada pelo atual reitor da UFBA, João Carlos Salles, através de redes sociais.

"Informo aos membros da comunidade UFBA que Dr. Roberto Santos, nosso ex-reitor e nosso grande amigo, acaba de falecer. A UFBA, mais uma vez, está de luto. Expresso aqui nossos sentimentos mais profundos", diz a mensagem publicada por Salles.

Roberto Figueira Santos era médico e foi reitor da UFBA entre 1967 e 1971. Ele também foi governador da Bahia entre os anos de 1975 e 1979 e ministro da saúde do governo José Sarney, nos anos de 1986 a 1987.

O prefeito de Salvador Bruno Reis lamentou a morte do ex-governador Roberto Santos, destacando sua importância histórica na reconstrução democrática do País na década de 80.  “Roberto Santos teve importância fundamental na história da Bahia. Foi um ser humano comprometido com o desenvolvimento de nosso estado, principalmente nos setores de Educação e Saúde. Seu nome ficará registrado como um dos principais líderes da recente história da Bahia e do Brasil. Quero expressar os meus sentimentos aos seus familiares e amigos nesse momento de dor”.

Governador decreta luto oficial 
O governador Rui Costa decretou luto oficial de três dias na Bahia pela morte do ex-governador Roberto Figueira Santos, ocorrida na tarde desta terça-feira (9). Médico e professor, ele também foi reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

"Em nome do povo baiano, quero fazer uma homenagem a esse grande homem, de uma visão social extraordinária, que montou a rede dos centros sociais urbanos. Um homem visionário, que construiu, por exemplo, o que ainda hoje é o maior hospital da Bahia e do norte-nordeste, que é o Hospital Roberto Santos", disse Rui.