Bahia

Morre o sambista Firmino de Itapoan

Ele deixa esposa e dez filhos

Redação iBahia

O sambista Firmino de Itapoan morreu nesta sábado (29) após uma parada cardiorrespiratória. O cantor e compositor tinha 78 anos e deixou a esposa, Dulce Brito, e 10 filhos. Uma nota de pesar foi publicada nas redes sociais da  Secretaria de Cultura do estado da Bahia.

"A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia manifesta profundo pesar pelo falecimento do músico Firmino de Itapoan, aos 78 anos, no sábado (29). Grande intérprete que levou sambas de roda da Bahia para os palcos, iniciou sua discografia na década de 1960, e vendeu mais de 300 mil discos na década de 1980, tendo sucessos como "Samba de Malandro", "Moinho da Bahia queimou" e "Boa Noite pra Quem é de Boa Noite". Foram mais de 60 anos dedicando sua vida ao samba e à cultura da Bahia. Realizou inúmeros shows no Pelourinho, onde ele estabeleceu uma relação forte e duradoura com o palco, incluindo diversas apresentações no Carnaval do Pelô", diz um trecho do post.