Bahia

Músico de banda de axé é morto a tiros em Eunápolis

Polícia investiga se caso foi latrocínio, pois contrabaixo sumiu

Da editoria Notícias & Empregos
- Atualizada em

Um músico foi morto a tiros na madrugada do domingo (16) em Eunápolis, sul da Bahia, segundo informações da polícia local, que investiga o caso. Joab Reis dos Santos, 31 anos, foi morto na rua Princesa Isabel, no Pequi, aparentemente quando seguia de um show para outro. Ele tocava na banda Axé Pop.


Segundo o delegado Eridelson Bastos, que investiga o crime, a polícia ainda apura se o caso foi um latrocínio, roubo seguido de morte, já que um contrabaixo que estaria com Joab não foi encontrado no local do crime. "Ele estava andando quando o crime aconteceu, em via pública. A gente já localizou um rapaz que estaria com ele no momento, ele deve ser ouvido essa tarde", explica o delegado.


O crime aconteceu por volta das 3 da manhã. Apesar do instrumento musical não ter sido localizado, uma mochila com documentos e outros objetos e um celular não foram roubados. Joab tocou na noite de sábado em duas festas já celebrando o São João, no Ifba e em uma igreja no bairro do Pequi. A informação é de que ele seguia para mais um show, em uma boate no centro, quando foi baleado no peito pelo menos três vezes.


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas o músico não resistiu aos ferimentos. Joab era casado e deixa um filho.


Matéria original do Correio
Músico de banda de axé é morto a tiros em Eunápolis