Bahia

Onze presos se recusam a fugir de prisão durante fuga em Maragogipe

Dois outros detentos renderam um agente da polícia e fugiram

Redação (redacao@correio24horas.com.br)

Dois presos agrediram um agente e fugiram da delegacia de Polícia Civil de Maragogipe, no Recôncavo da Bahia, na manhã deste sábado (28). A ação começou por volta das 7h30, quando Marcelo Soares Oliveira, acusado de homicídio, serrou as grades da cela e surpreendeu o agente plantonista da unidade quando ele entrou na detenção para entregar o café da manhã dos presos.Ele agrediu o agente com uma barra de ferro, e usou a chave dele para abrir a cela onde estava Ariel Conceição dos Santos, condenado por tráfico de drogas. Natural de Salvador, Ariel tinha recebido a sentença e estava aguardando vaga na Cadeia Pública da capital para ser transferido.Ele e Marcelo se tornaram amigos durante a permanência na delegacia de Maragogipe, informou a polícia. Após ser liberado, Ariel ajudou Marcelo a trancar o agente policial na cela dele. Os dois fugiram a pé, e de acordo com a Polícia Militar da cidade, tomaram uma motocicleta de assalto após a fuga.O agente estava com o celular no bolso e ligou para colegas de trabalho pedindo socorro. "Acreditamos que um deles esteja ferido, porque um deles quebrou a janela de vidro na sala do plantão antes de escapar. Encontramos muito sangue na sala do plantão e rastros de sangue pela rua", comentou Jurandir Conceição, coordenador do Serviço de Investigação da delegacia de Maragogipe, em entrevista ao CORREIO. A unidade tem a capacidade de abrigar 14 presos. Marcelo e Ariel estava sozinhos em suas celas, que ficavam de frente uma para a outra. Ainda segundo a polícia, os outros 11 detentos se recusaram a fugir com a dupla, que está sendo procurada pela PM da cidade e pela Peto, polícia especializada de Cruz das Almas. Marcelo e Ariel ainda não foram localizados.

Correio24horas

Tags: bahia, Fuga, Presos