Bahia

Pastor prega com farda do Exército e 20 policiais participam de culto no interior da Bahia

O pastor Alfeu disse que é grande a quantidade de policiais militares que usam arma para cumprir a profissão e a bíblia para levar a palavra

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Conhecido como 'Jobinho', o pastor Alfeu, que é sargento da reserva do Exército Brasileiro, pregou um culto no último domingo fardado e levou muitos curiosos e fiéis à Igreja Assembleia de Deus, cidade de de Conceição do Coité a 213 km de Salvador.

Conhecido como 'Jobinho', o pastor Alfeu, que é sargento da reserva do Exército Brasileiro, pregou um culto no último domingo

Além dele, estavam ainda presentes policiais militares evangélicos pertencentes a 4ª Cia PM/ 16º Batalhão de Serrinha. capitão Agassiz comandante do destacamento, sargento Jobson, sargento Lucas (de Ichu), sargento Genilson (de Retirolândia) de São Domingos sargento da reserva Cupertino, aluno sargento Erielton (de Coité) aluno sargento Dos Anjos (de Serrinha).

Culto com PMs (4)
Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias

Em entrevista ao site 'Calila Notícias', o pastor Alfeu disse que é grande a quantidade de policiais militares que usam arma para cumprir o ofício da profissão e a bíblia sagrada para levar a palavra aos que estão preso. "Inclusive esses irmãos têm aceitado a convites e saído de Feira de Santana para outras cidades para levar a palavra e são responsáveis por manter a Casa de Recuperação Gênesis que a custo zero vem libertando pessoas do álcool e da droga”, disse.

Sargento PM Erenilton, Sgtº PM Lucas, Sgtº PM Jobson que mais um vez cantou um louvor e o Sgtº da reserva do EB pastor Alfeu.
Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias

Ano passado outro policial militar também marcou um culto na mesma cidade. O sargento da Polícia Militar Jobson Feliciano, em plena atividade, e no comando da guarnição, parou a viatura na frente da igreja e atendeu a um convite do pastor em participar de um louvor. Logo em seguida, Jobson, que está na PM a 25 anos, cantou um louvor e depois de 7 minutos, segundo ele, deixou a igreja e continuou as rondas pela cidade. Em entrevista o site Calila Notícias, ele disse que recebeu um convite de Deus.


"Deus falou no meu coração desde quinta-feira (4) dois dias antes, quando iniciava uma festividades de senhores naquele lugar, e eu disse: vou passar por lá sábado fardado, porque Deus falou comigo, Dai a gente precisa cumprir a missão de atender a sociedade, e toda hora que eu pretendia ir a igreja aparecia um problema e tinha que resolver, quando sanou tudo eu fui pra lá, mas foi chegando o pastor me chamando, dai os holofotes as pessoas olhando pra mim,foi quando falei que, o que ali estava fardado, não era mais um soldado da PM, não era o sargento, e sim um servo de Deus, ali era a imagem do Senhor Jesus Cristo, Deus me usou grandemente e eu louvei a Jesus com aquele hino, a igreja toda se emocionou", contou.