Bahia

Quatro são presos por obrigar engenheiro a criar vagas em empresa na BA

As vagas eram vendidas por R$ 4 mil cada; eles foram presos por extorsão e ameaça

Redação Correio 24h

Quatro homens foram presos na última quinta-feira (9) em Candeias, suspeitos de ameaçar e extorquir um engenheiro. Ele era obrigado pelos quatro homens a criar vagas de emprego na empresa que presta serviços a uma refinaria na na Região Metropolitana de Salvador. As vagas eram vendidas por R$ 4 mil cada.

Anderson Batista Santana, o Psirico, Carlos Vinicius Aragão Santos, o Papito, Josevaldo Alves da Conceição e Rafael dos Santos foram denunciados pelo engenheiro há dois meses.

Ele procurou a 20ª DT/Candeias e denunciou que a quadrilha exigia que ele reservasse vagas de emprego na empresa onde trabalha. Os bandidos faziam ameaças ao engenheiro e à família dele para exigir que as vagas fossem garantidas.
   
Na última quinta, informou à polícia que o grupo o aguardava próximo à refinaria. Uma equipe da unidade foi até o local e prendeu os criminosos. Com os quatro, foram apreendidas uma pistola 9mm e várias carteiras de trabalho em nome de terceiros.

O delegado Marcos Laranjeira, titular de Delegacia de Candeias, informou que eles também extorquiram e ameaçaram empregados de outras empresas nos municípios de Madre de Deus e São Francisco do Conde. Três das vítimas já reconheceram os criminosos.

Anderson, Carlos, Josevaldo e Rafael foram autuados em flagrante pelos crimes de extorsão, porte ilegal de arma e associação criminosa. Os quatro estão custodiados na carceragem da 20ª DT/Candeias, onde permanecerão, à disposição da Justiça.