Bahia

Rui Costa anuncia compra de 19,8 milhões de seringas e agulhas para vacinação contra covid

Entrega das seringas e agulhas adquiridas será imediata e foram investidos R$ 5,5 milhões neste processo

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O governador do estado da Bahia, Rui Costa, anunciou nesta quarta-feira (9) a compra de 19,8 milhões de seringas e agulhas para a vacinação contra a covid-19. De acordo com o gestor estadual, esta ação integra o planejamento de imunização em massa no estado.

"Preciso que o Governo Federal seja ágil na certificação de uma das vacinas já existentes contra a covid-19, para que assim possamos dar início a esta nova etapa de enfrentamento da pandemia no Brasil", pontuou Rui Costa

A entrega das seringas e agulhas adquiridas pelo Governo do Estado será imediata e foram investidos R$ 5,5 milhões neste processo.

No dia 3 de dezembro, o governo do estado autorizou a montagem de uma rede de ultrafreezers de -80 °C para que o estado esteja preparado para estocar vacinas da Covid-19.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde da Bahia (Sesab), a ata de registro de preços será para 100 freezers. Não foi estabelecido prazo para o início da instalação.


Ainda segundo a Sesab, cada equipamento possui a capacidade de armazenar entre 500 e 540 litros.

Prefeitura de Salvador já possui estratégia de vacinação

Nesta terça-feira (8), o Secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates, afirmou que a prefeitura já conta com toda estratégia e a estrutura necessária para iniciar a vacinação contra a Covid-19 na capital.

De acordo com ele, para viabilizar de forma mais ágil a proteção dos soteropolitanos de maneira escalonada, técnicos da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) elaboraram um Plano Municipal de Imunização que define as etapas da mobilização, público eletivo prioritário e fluxo de acesso às doses através da rede SUS no município.

“Estamos com toda estratégia desenhada e preparados para iniciar a imunização assim que o governo federal, por meio da Anvisa, credenciar as doses no país. Já mantemos tratativas com alguns laboratórios produtores da vacina contra a Covid-19 que apresentaram eficácia satisfatória na proteção contra o vírus para aquisição dos imunobiológicos assim que houver a liberação no Brasil”, destacou Leo Prates, titular da SMS.