Bahia

Sancionada lei que institui 13 de outubro como Dia de Irmã Dulce

Governador da Bahia divulgou decisão no Diário Oficial desta quarta-feira (04)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O dia 13 de outubro foi instituído como o Dia da Santa Irmã Dulce dos Pobres, no Estado da Bahia. A decisão foi divulgada pelo governador Rui Costa, no Diário Oficial desta quarta-feira (04). A Câmara dos Deputados, no último mês, já tinha aprovado a inclusão do nome da baiana no Libro de Heróis da Pátria.

Foto: Divulgação

A data foi escolhida porque remete à entrada da religiosa na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, em 1933, quando ela tinha 19 anos. Irmã Dulce, como passou a ser chamada desde então, vai ser canonizada no dia 13 de outubro, em uma cerimônia no Vaticano, com celebração do Papa Francisco.

A Missa de Agradecimento acontece a partir das 14h, no dia 20 de outubro, na Arena Fonte Nova, em Salvador, com a presença do arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, shows de Margareth Menezes, Saulo e Tuca Fernandes, além de espetáculo de teatro. A expectativa é que o evento reúna cerca de 55 mil pessoas.