Bahia

Secretária é exonerada por receber benefício do Bolso Família no interior baiano

Antes de ser secretária, Stela Amaral trabalhou na prefeitura como gestora do programa Bolsa Família

Redação Correio 24h
- Atualizada em

A secretária de Ação Social de Potiraguá, no sul da Bahia, foi exonerada depois de receber o benefício da Bolsa Família por quase dois meses durante sua gestão. Stela Neide Barreto Amaral comandava a pasta desde setembro do ano passado - e recebeu a Bolsa Família até novembro. Ao todo, Amaral recebeu R$ 1.552, segundo disponibilizado no Portal da Transparência, da Controladoria Geral da União.


Amaral foi substituída por uma nova secretária, Agda Lúcia Oliveira dos Santos, que foi empossada nesta quarta-feira (11). Antes de ser secretária, Stela Amaral trabalhou na prefeitura como gestora do programa Bolsa Família. Ela foi nomeada pelo atual prefeito, Luiz Soares da Silva (PT). Sua nomeação foi publicada no Diário Oficial do Município em 30 de setembro do ano passado.


A reportagem não conseguiu localizar a ex-secretária nem o prefeito Luiz Soares.


Benefício
O Bolsa Família exige que os beneficiados tenham dados no Cadastro Único do governo federal, o que é feito pelas prefeituras. Famílias com renda de até R$ 77 podem receber o beneficio - a renda pode ser de até R$ 154 caso as famílias tenham gestantes ou adolescentes em seu meio.

Correio24horas