Bahia

Shoppings voltam a abrir a partir de terça-feira (6); confira o retorno das atividades

Além da reabertura dos serviços não essenciais, o toque de recolher também será alterado

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Em coletiva virtual na manhã desta quinta-feira (1º), o prefeito de Salvador, Bruno Reis, e a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), Mila Paes, apresentaram o plano de retorno das atividades econômicas da cidade. Shoppings, restaurantes e bares estão entre os serviços que voltam a funcionar a partir da segunda-feira (5).  

Há cerca de um mês, a cidade passou a adotar medidas mais restritivas devido ao agravamento da pandemia da covid-19. Quase todas as atividades consideradas não essenciais foram suspensas e apenas os serviços relacionados à saúde e alimentação foram mantidos. 

Para que a retomada fosse feita de forma segura, diversos fatores foram levados em consideração. Um exemplo disso foi o estudo da circulação dos trabalhadores de cada setor econômico, levando em conta os horários de pico no transporte público.  

Hoje, Salvador se encontra na Fase Roxa, na qual apenas atividades consideradas essenciais estão em funcionamento. A reabertura da segunda-feira (5) faz com que a cidade entre na Fase Vermelha. Nela, o toque de recolher sairá de 18h às 5h para 20h às 5h. 

Nesta fase, os serviços não essenciais voltam a funcionar de forma escalonada, com suspensão de alguns setores por pelo menos dois dias da semana. Confira os horários: 

  • Segunda a sexta-feira: 

- Atividades da construção civil (7h às 16h); 

- Clínicas de estética (7h às 15h); 

- Indústria (7h às 15h); 

- Funcionalismo público não essencial (9h às 16h); 

- Escritórios administrativos, contabilidades, consultoria e similares (10h às 17h); 

- Escritórios de advocacia (10h às 17h); 

- Autoescolas (10h às 19h). 

  • Terça a sábado: 

- Comércio de rua (de 10h às 18h, sendo que aos sábados esses estabelecimentos estarão livres para abrir qualquer horário);  

- Shoppings centers, centros comerciais e semelhantes (de 10h às 19h, sendo que os prestadores de serviços localizados nesses locais devem obedecer ao horário dos centros de compras); 

- Barbearias, salões de beleza e similares (10h às 18h). 

  • Quarta a domingo: 

- Restaurantes e bares (10h às 20h)*; 

- Lanchonetes (7h às 15h) 

* Os estabelecimentos instalados em shoppings devem obedecer ao fechamento dos centros de compras, que é às 19h, exceto quando houver entrada independente, que, aí sim, ficará sob o regime do próprio setor.  

Nesta fase vermelha continuarão fechados centros culturais, museus e galerias de arte, clubes sociais, recreativos e esportivos, cinemas, teatros, espaços de eventos sociais (casamento, aniversário, bodas, formatura e similares), espaços de eventos infantis, parques de diversão e parques temáticos, campos e quadras públicas, centro e espaços de convenções, praias e parques.