Bahia

Sobe para seis o número de mortos de acidente com ônibus escolar e carreta

Colisão ocorreu na manhã deste domingo (25) na BR-116, entre as cidades de Serrinha e Santa Bárbara

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O regente da fanfarra, Marcos Silva Brito, é sexta vítima fatal do acidente que envolveu um ônibus escolar e um carreta na BR-116. Ele morreu na noite deste domingo (25) enquanto estava internado no Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana. Doze pessoas estão internadas em hospitais da região. As informações são do G1 Bahia.

Foto: Reprodução
A informação foi dada ao G1 pelo prefeito de Euclides da Cunha e confirmada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) nesta segunda-feira (26).

Marcos estava no ônibus escolar que transportava estudantes entre 14 e 25 anos que eram integrantes da fanfarra da cidade de Euclides da Cunha. Eles tinham como destino o município de Antônio Cardoso, onde iria ocorrer um concurso de fanfarras. O evento foi cancelado após o acidente.
Foto: Divulgação/SSP
De acordo com a polícia, uma ultrapassagem teria sido a causa do acidente entre as cidades de Serrinha e Santa Bárbara. Seis pessoas morreram e 17 ficaram feridas. A informação sobre a manobra foi repassada por testemunhas que presenciaram a colisão.

Eurides Cardoso, uma das vítimas fatais, dirigia o caminhão com placa BSW-5890, licenciado em São Paulo. Testemunhas relataram que durante a tentativa de ultrapassar outro veículo, a carreta bateu de frente com o ônibus escolar da Prefeitura de Euclides da Cunha. As outras cinco pessoas mortas estavam no ônibus.


Em entrevista ao G1, o prefeito de Euclides da Cunha, Luciano Pinheiro, decretou luto oficial por três dias. Ele também confirmou o nome dos outros mortos no acidente:  Rodrigo Carvalho Brandão da Silva, Jeferson Conceição dos Santos, Rafael José da Silva Souza e Fernando Andrade de Almeida.