Bahia

Sobe para sete o número de vítimas fatais do acidente com carreta e ônibus escolar

Colisão ocorreu neste domingo (25). Coletivo seguia com grupo de fanfarra para a cidade de Antônio Carodoso

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O motorista Orlando Mota Ferreira é a sétima vítima fatal do acidente que envolveu um ônibus escolar e uma carreta na BR-116. Orlando estava internado no hospital Clériston Andrade desde domingo (25), data do acidente, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu na noite desta segunda-feira (26). A colisão aconteceu entre as cidades de Serrinha e Santa Bárbara. As informações são do G1 Bahia.

Foto: Reprodução
Em nota enviada ao G1, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia afirmou que 11 pessoas ainda estavam internadas nos hospitais da região. O prefeito de Euclides da Cunha, Luciano Pinheiro, decretou luto oficial por três dias.

De acordo com o G1, Orlando dirigia o ônibus escolar que transportava os integrantes do grupo de fanfarra de Euclides da Cunha que seguia para um concurso com Antônio Cardoso.

De acordo com a polícia, uma ultrapassagem teria sido a causa do acidente entre as cidades de Serrinha e Santa Bárbara. Seis pessoas morreram e 17 ficaram feridas. A informação sobre a manobra foi repassada por testemunhas que presenciaram a colisão.
Foto: Divulgação/SSP
Eurides Cardoso, uma das vítimas fatais, dirigia o caminhão com placa BSW-5890, licenciado em São Paulo. Testemunhas relataram que durante a tentativa de ultrapassar outro veículo, a carreta bateu de frente com o ônibus escolar da Prefeitura de Euclides da Cunha. As outras cinco pessoas mortas estavam no ônibus.


O enterro das outras cinco vítimas aconteceu nesta segunda-feira (26), em Euclides da Cunha. No dia, foram sepultados: Fernando Andrade de Almeida, 29 anos; Jeferson Conceição dos Santos, 30; Rafael José Silva Souza, 26; Rodrigo Carvalho Santos Brandão da Silva, 38 e Marcos Silva Brito, 37 anos.